Escolher a primeira joia do bebê pode parecer uma tarefa fácil, mas nem sempre é! Venham com a gente, papais de primeira viagem, que ensinaremos t-u-d-o o que vocês precisam saber antes de comprar a tão sonhada primeira joia do bebê.

1. COMO ESCOLHER A PRIMEIRA JOIA DO BEBÊ?


Presentear os filhos é puramente cultural. 

Desde a joia emblemática para a filha em seu debute aos 15 anos ou a joia herdada para o filho ao se casar, escolhas feitas de ouro carregam consigo muito mais do que um simples adorno. Carregam desejos. 

Presentear um recém-nascido com uma joia infantil é dar as boas-vindas a ele, um gesto de carinho e acolhimento. 

Antes de procurar pela joia infantil perfeita, leia abaixo nossas dicas para acertar na mão (e no bolso!).

2. ESCOLHENDO OS METAIS CERTOS

Para a primeira joia do bebê, escolha metais nobres como ouro e prata, com a garantia de que eles sejam hipoalergênicos. A platina é um metal que foi bastante desejado na joalheria e que também pode ser usado, mas este deixou de ser popular no Brasil com o alto valor do ouro e a facilidade com que este último é manuseado em comparação à platina.

OURO

Há 3 cores mais conhecidas de ouro: ouro amarelo, ouro rosa e ouro branco. Escolha joias a partir do ouro 14k até o ouro 22k, quilatagens menores (como o ouro 10k) não são recomendadas pela alta porcentagem de ligas metálicas.

PRATA

A prata é uma opção mais acessível, sendo a prata da lei a mais recomendada. Procure pelos números 925 no carimbo da joia, para se certificar que trata-se da prata de lei, considerada segura.

3. JOIA INFANTIL COM DIAMANTES E GEMAS PRECIOSAS

Gosta de brilho? Diamantes e zircônias são boas opções para a primeira joia do bebê. Preste atenção no estilo de brinco infantil que carrega essas pedras, para o primeiro furo não recomendamos que o brinco tipo stud seja feito com garras, pois estas podem arranhar o bebe e puxar fio do tecido, correndo o risco de rasgar a orelha do bebê.

4. POR QUE ESCOLHER JOIAS INFANTIS HIPOALERGÊNICAS?

Porque a pele dos bebês é mais sensível que a de um adulto. Além disso, o sistema imunológico dele está sendo formado e não é tão forte como o nosso. Portanto, escolher joias infantis hipoalergênicas é muito importante se você quiser proteger sua criança de infecções e alergias.

Todo cuidado em trabalhar apenas com materiais seguros, de alta qualidade, duradouros e livres de todas as impurezas para garantir as melhores variedades de modelos de joias para crianças de pele sensível.

As joias infantis Tejat Studio atendem aos rigorosos requisitos ASTM F 2923-11 (Standard Specification for Consumer Product Safety for Children’s Jewelry).

As joias infantis Tejat Studio aos rigorosos requisitos da CSPIA (Consumer Product Safety Improvement Act).

5. QUAL TAMANHO ESCOLHER?

Essa resposta vai depender do tamanho e grossura do lóbulo do recém-nascido, que não é igual para todos os bebês. 

Geralmente, recomendamos um par de brincos pequenos, com cerca de 3mm a 5mm. 

6. E SE EU DER MEU BRINCO DE ADULTO PARA MEU BEBÊ?

Saiba que não é aconselhável que seu bebê use seus brincos. Primeiro, porque há uma diferença estrutural importante: o pino de adultos é maior e mais grosso que brincos para bebês. As tarraxas também são maiores e não recomendadas para os pequenos lóbulos infantis. Para o recém-nascido, leve em consideração:

  • O tamanho da orelha do bebê;
  • A espessura do lóbulo do bebê;
  • O formato da orelha do bebê.

Enfermeiras especializadas em fazer o primeiro furo do seu recém-nascido também saberão lhe recomendar um modelo ideal, levando em consideração os itens acima.

7. QUE TIPO DE TARRAXA DEVO COMPRAR?

Se não mais importante que os próprios brincos, as tarraxas são peças fundamentais na escolha dos primeiros brincos. Isso porque uma tarraxa demasiadamente grande poderá incomodar seu bebê e deixá-lo irritado.

Tenha em mente que:

  • A escolha de uma tarraxa incorreta pode machucar seu bebê.
  •  O pino do brinco é levemente afiado para facilitar o furo. A tarraxa deve ser arredondada escondendo o pino, para que este não perfure o bebê.
  • A tarraxa não deve ficar apertada na orelha, pois pode aumentar o risco de fungo com a umidade. 
  • Tarraxas desenhadas ou com quinas, podem assar e descamar a parte detrás das orelhas dos bebês e crianças. 
  • Crianças podem perder brincos. Elas são ativas, gostam de correr, brincar e os brincos despertam curiosidade.

Faça com que a primeira joia do bebê seja um sucesso! A Tejat Studio oferece brincos infantis com tarraxas arredondadas de rosca para que a joia permaneça segura e seu bebê brinque sem neuras!


O GUIA DO PRIMEIRO FURO DE ORELHA DO BEBÊ

DICAS COMPLETAS DE TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE FURAR A ORELHA DO BEBÊ