Joias, gemas preciosas e ouro. Você é um amante da joalheria? Gosta de entender sobra a história e o processo de mineração no Brasil? Então você está no lugar certo! Aqui separamos alguns museus brasileiros que você precisa visitar pelo menos uma vez na vida.

MUSEU DE VALORES – BRASÍLIA

Museu de Valores

O Museu de Valores está localizado no Edifício Sede do Banco Central em Brasília. O acervo do Museu é composto por 125.000 peças brasileiras e estrangeiras.

A Sala Ouro é a que atrai o público, principalmente o estrangeiro. São oito vitrines exibindo as diversas formas do ouro, dentre elas: in natura; os instrumentos de fundição; o ouro amoedado; o ouro usado em medalhas; o processo eletrolítico de refino.

HIGHLIGHTS

PEPITA CANAÃ

Uma das maiores pepitas de ouro do mundo, a maior extraída no Brasil, pesando cerca de 60kg.

BARRAS DE OURO

As barras de ouro internacionais, cada uma pesa 12kg.

MUSEU GERDAU – MINAS GERAIS

MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal

O MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal abriga importante acervo sobre mineração e metalurgia, documentando duas das principais atividades econômicas de Minas. O Museu faz parte do Circuito Liberdade, importante corredor de cultura do país.

HIGHLIGHTS

DRUZA DE QUARTZO

A maior e mais pesada amostra do acervo mineral, pesando 500kg.

PRIMEIRO ANDAR

Espaço é dedicado à mineração, o destaque é a exposição de pedras brutas e de um aerolito meteorito.

GEO MUSEU – RIO GRANDE DO SUL

GEO Museu

O GEO, Museu de Minerais, Gemas e Fósseis, é um espaço moderno e inovador. Localizado em Gramado, na Serra Gaúcha, leva o público a uma viagem através da fascinante história natural da Terra.

SALÃO MINEIRA

Um espaço dedicado à mineração da ametista, pedra preciosa cujas maiores reservas da Terra encontram-se no Rio Grande do Sul.

MUSEU H.STERN – RIO DE JANEIRO

Com a maior coleção de turmalinas lapidadas no mundo, o Museu possui também jóias exuberantes e um permanente acervo de pedras preciosas. Além disso, é possível visitar a oficina da H.Stern para admirar o processo de produção de joias.

TURMALINAS

Coleção pessoal de Hans Stern com mais de 1.000 turmalinas em várias cores e tamanhos.

MUSEU SAUER – RIO DE JANEIRO

Fruto de uma coleção iniciada há quase 70 anos, são expostas mais de 3.000 gemas brutas e lapidadas – esmeraldas, rubelitas, águas-marinhas, turmalinas, topázios imperiais e outras gemas. Algumas das pedras preciosas expostas são destaques no Livro Guinness dos Recordes, tal sua raridade e beleza. O Museu Amsterdam Sauer é o único no mundo com réplicas de minas em tamanho natural que transportam o visitante para o interior do Brasil.

COROA IMPERIAL

Além do acervo de pedras preciosas com destaque a parte de esmeralda e topázio imperial, a réplica da Coroa Imperial Brasileira é um must see.


GUIA DE SOBREVIVÊNCIA DAS JOIAS

A Tejat juntou as principais dicas práticas e úteis de como cuidar das suas joias.